Limpeza de ETE

Limpeza de ETE (Estação de Tratamento de Efluentes)

O Tratamento de Efluentes

Chamamos de efluentes os produtos, líquidos ou gasosos, que resultam de ações humanas. Eles são separados em duas categorias: industriais e domésticos.
Efluentes líquidos podem possuir diversas origens, pois nada mais é do que água misturada com agentes poluentes, como matéria orgânica, compostos químicos ou tóxicos.
A água que foi contaminada por algum processo, seja ele doméstico ou industrial, precisa de um tratamento. Esse tratamento é feito em uma (ETE) Estação de Tratamento de Efluentes denominada conforme a necessidade avaliada em análise dos efluentes resultados de determinada atividade.
A Resolução 357 do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) estabelece parâmetros aos efluentes que são devolvidos à natureza e classifica os corpos de água. Essa norma prevê prisão a quem não cumprir as determinações estabelecidas.

(ETE) Estação de Tratamento de Efluentes

A ETE é adotada por governos em todo o Brasil, mas já é possível encontrar essas mesmas estações em proporções menores em condomínios, empresas de grande porte como indústrias e shoppings centers e até mesmo em algumas casas.
Durante o processo de tratamento em uma ETE, a água chega das casas, apartamentos, indústrias empresas e outros locais e passa por várias etapas e setores onde um tipo de tratamento específico é adotado. Esse tratamento pode durar até (vinte) 20 dias para a certificação de que a água pode ser devolvida ao meio ambiente.
Em média uma ETE trata os efluentes, removendo em média 95% das impurezas e microrganismos, tornando a água própria para ser devolvida aos rios sem prejudicar a vida aquática, uso industrial e irrigação.

Limpeza de (ETE) Estação de Tratamento de Efluentes

Estação de Tratamento de Efluentes sendo limpa pelo processo de HIdrojato

Toda ETE deve passar por uma limpeza periódica.
Essa manutenção, se faz necessária para que a ETE, funcione de maneira correta.
Com o tratamento da água, é normal que haja a permanência de lodo residual. Esse lodo provém principalmente da etapa de decantação, e com o tempo atrapalha o funcionamento da estação, ele deve ser removido completamente dos tanques, para evitar os riscos a saúde pública e à vida aquática, caso ele seja devolvido juntamente com a água ao meio ambiente.


A R2 Soluções Ambientais é especializada em limpeza de ETEs provendo a desobstrução, limpeza e higienização, possibilitando que ela opere de forma correta e contínua. Possuimos profissionais capacitados, e equipamentos certificados para a correta realização da Limpeza.

Entre em contato conosco, e solicite um orçamento sem compromisso.

One thought on “Limpeza de ETE (Estação de Tratamento de Efluentes)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.